Perspectiva da Semana #96

O que est√° acontecendo no Brasil? 

1. Pol√≠tica ‚Äď O ex-governador de S√£o Paulo Geraldo Alckmin assinou, na quarta-feira, 23, sua filia√ß√£o ao PSB e abriu caminho para concorrer como vice na chapa do ex-presidente Luiz In√°cio Lula da Silva (PT) √† Presid√™ncia. (Estad√£o)

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, confirmou que se filiará ao Republicanos, na segunda-feira (28), para disuptar o governo de São Paulo. Com sua entrada no partido, e também o ingresso da ministra da Família, Mulher e Direitos Humanos, Damares Alves, o Republicanos deve apoiar formalmente Bolsonaro. (Valor)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) lançou neste domingo sua pré-candidatura à reeleição. Indicado como vice na chapa, o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, não compareceu. (O Globo)

Reportagens revelaram a poss√≠vel exist√™ncia de um gabinete paralelo no Minist√©rio da Educa√ß√£o. Em uma grava√ß√£o, o ministro da Educa√ß√£o, Milton Ribeiro, afirmou que prioriza o atendimento de amigos dos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, a pedido do presidente Jair Bolsonaro (PL). Pelo menos dez prefeitos relataram que os pastores, ambos sem v√≠nculo oficial com a administra√ß√£o p√ļblica, prometiam liberar verbas para prefeituras mediante pagamentos em dinheiro e aquisi√ß√£o de B√≠blias. Parlamentares do Centr√£o e da bancada evang√©lica pressionam pela sa√≠da do ministro. Ribeiro deve comparecer, na quinta-feira (31), na Comiss√£o de Educa√ß√£o do Senado para prestar esclarecimentos sobre o assunto. (Folha)

Na quinta-feira (24), a ministra Carmen L√ļcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a abertura de um inqu√©rito contra o ministro da Educa√ß√£o, Milton Ribeiro, para investigar essas suspeitas. Ela atendeu a um pedido do procurador-geral da Rep√ļblica, Augusto Aras, mas cobrou o procurador-geral sobre a necessidade de o presidente Jair Bolsonaro tamb√©m ser investigado. (Valor)

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), est√° buscando apoio dos l√≠deres para construir um acordo que permita a vota√ß√£o da reforma tribut√°ria na primeira semana de abril, quando ser√° realizado um novo ‚Äúesfor√ßo concentrado‚ÄĚ – per√≠odo em que os parlamentares buscam desobstruir a pauta de indica√ß√£o de autoridades. A proposta de emenda √† Constitui√ß√£o (PEC 110/2019) est√° em discuss√£o na Comiss√£o de Constitui√ß√£o e Justi√ßa (CCJ) do Senado Federal. (Valor)

A Pesquisa Ipespe sobre avaliação do governo Bolsonaro mostra que 54% (+2pp) consideram o governo como ruim ou péssimo e 26% (-1pp) como ótimo ou bom. O índice de desaprovação foi de 65% contra 31% de aprovação.

De acordo com a pesquisa Ideia/Exame, 45% consideram o governo ruim ou péssimo (-5pp) e 28% como ótimo ou bom (+3pp), e o governo é desaprovado por 44% (-6pp) e aprovado por 32% (+3pp).

Esta semana foram divulgadas tr√™s pesquisas eleitorais. A pesquisa Datafolha foi realizada face-a-face com 2.556 entrevistados, entre os dias 22 e 23 de mar√ßo, e mostra o ex-presidente Luiz In√°cio Lula da Silva (PT) com 43% das inten√ß√Ķes de voto. O presidente Jair Bolsonaro (PL) tem 26%.

A pesquisa Ideia/Exame, realizada por telefone com 1.500 entrevistados entre os dias 18 e 23 de março, mostra Lula com 40% e Bolsonaro com 29%. Lula aparece com 2pp a menos, e Bolsonaro com 2pp a mais em relação à pesquisa Ideia/Exame de fevereiro.

Por fim, a Pesquisa Ipespe, realizada entre os dias 21 e 23 de março, por telefone com 1.500 entrevistados, traz Lula com 44%, 1pp a mais em à pesquisa anterior, e Bolsonaro com 26%, 2pp a menos.

Segue o compilado das pesquisas eleitorais:

2. Economia РO presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que o pico da inflação em 12 meses ocorrerá em abril deste ano. (Estadão).

O √ćndice Nacional de Pre√ßos ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), a pr√©via da infla√ß√£o oficial, ficou em 0,95% em mar√ßo, 0,04 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa de fevereiro (0,99%). √Č a maior varia√ß√£o para um m√™s de mar√ßo desde 2015 (1,24%). (Infomoney)

O dólar recuou pelo oitavo pregão seguido ante o real e atingiu o menor patamar em dois anos. A moeda norte-americana fechou, na sexta-feira (25), em torno de R$ 4,77, o menor valor desde março de 2020. Analistas do mercado atribuem a queda a pelo menos dois fatores: superávit comercial e taxa de juros básicos (Selic) elevada. (Valor)

O Minist√©rio da Economia anunciou nesta segunda-feira (21) redu√ß√£o permanente de 10% nas tarifas de importa√ß√£o de bens de capital e de inform√°tica. Al√©m disso, de forma conjuntural, a pasta reduziu a 0% at√© o fim do ano as al√≠quotas de importa√ß√£o sobre sete produtos: caf√©, margarina, queijo, macarr√£o, a√ß√ļcar e √≥leo de soja. Tamb√©m foi zerado o imposto de importa√ß√£o do etanol, que √© misturado na gasolina e tamb√©m vendido separadamente. (Valor)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou ontem que o governo ampliará a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para 33%. Em evento da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), em São Paulo, Guedes disse que a redução de impostos que vem sendo feita permitirá reindustrializar o país. (Valor)

O Banco Central decidiu manter sua proje√ß√£o de alta de 1% para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2022, segundo o Relat√≥rio de Infla√ß√£o (RI) trimestral divulgado na quinta-feira (23). O BC tamb√©m revisou proje√ß√Ķes para contas externas do Brasil em 2022, com transa√ß√Ķes correntes passando de um d√©ficit de US$ 21 bilh√Ķes para super√°vit de US$ 5 bilh√Ķes e a balan√ßa comercial saindo de um saldo positivo de US$ 52 bilh√Ķes para US$ 83 bilh√Ķes. (Valor)

3. Gest√£o p√ļblica ‚Äď O Brasil se absteve, na quarta-feira (23), em vota√ß√£o para a Organiza√ß√£o Internacional do Trabalho (OIT) punir a R√ļssia pela invas√£o da Ucr√Ęnia, em meio ao racha na cena internacional sobre as maneiras de aumentar o isolamento diplom√°tico do regime de Vladimir Putin. (Valor)

As acusa√ß√Ķes e as investiga√ß√Ķes sobre a influ√™ncia de pastores no Minist√©rio da Educa√ß√£o devem ocupar a agenda da da c√ļpula da pasta nos pr√≥ximos dias.


Uma an√°lise:

1. A pol√≠tica continua com tend√™ncia positiva para a pr√≥xima semana. O n√≠vel de conflito institucional est√° baixo, a base de apoio parlamentar do presidente continua melhorando, os n√≠veis de apoio popular permanecem est√°veis e os resultados da pesquisa eleitoral n√£o trouxeram surpresas.

A base de apoio parlamentar do governo segue crescendo, principalmente pela migra√ß√£o de parlamentares para o PL, PP e Republicanos. O ponto importante √© que o PL parece que vai terminar como o maior partido da C√Ęmara dos Deputados ap√≥s o per√≠odo de janela partid√°ria. Bruno Carazza fez um material bem interessante no Twitter sobre as movimenta√ß√Ķes partid√°rias at√© agora. N√£o apenas isso, mas Bolsonaro parece tamb√©m ter conseguido transferir quadros importantes para o Republicanos e, assim, manter satisfeitos os parlamentares da bancada evang√©lica. Com o alinhamento de parte do MDB e grande maioria do PP, fica n√≠tido que o governo ter√° uma maioria s√≥lida na C√Ęmara no per√≠odo de abril at√© fim do ano, ou, no m√≠nimo, at√© as elei√ß√Ķes, caso Bolsonaro n√£o seja reeleito.

Um bom teste para a pol√≠tica ser√° a audi√™ncia p√ļblica do ministro da Educa√ß√£o no Senado. Vale a pena acompanhar de perto e ver como os parlamentares v√£o atuar na defesa do ministro.

2. A economia segue com tend√™ncia positiva para a pr√≥xima semana. Os dados do IPCA-15 n√£o vieram bons. Esperava-se um resultado menor. Apesar disso, o d√≥lar continua em queda, o que pode contribuir para o controle da infla√ß√£o. Outro fator que pode contribuir para o arrefecimento da infla√ß√£o √© a redu√ß√£o de impostos feita pelo governo. Em conjunto com as declara√ß√Ķes do presidente do Banco Central, a ata do Copom tamb√©m sinalizou que o aumento da taxa Selic, em 1 ponto percentual em maio, deve continuar para combater a infla√ß√£o.

3. A gest√£o p√ļblica recuou para tend√™ncia negativa para a pr√≥xima semana. A exemplo do que j√° tinha ocorrido na semana passada no Minist√©rio da Justi√ßa, num caso em que o princ√≠pio da impessoalidade parecia ter sido abandonado, o epis√≥dio no Minist√©rio da Educa√ß√£o √© mais um exemplo da mesma pr√°tica. Ao dizer que atende prioritariamente aos amigos dos pastores e ao indicar que quer ajuda na constru√ß√£o de igrejas, a perman√™ncia do ministro Milton Ribeiro se mostra inconveniente. Pode ser que ele permane√ßa, como uma forma de n√£o assumir o erro e de n√£o deixar o assunto transbordar para os evang√©licos ou para o presidente Bolsonaro.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s