Perspectiva da Semana #100

Meus caros amigos e amigas, antes do resumo da semana, queria registrar que essa é a centésima semana em que faço a "Perspectiva". Agradeço a todos os leitores e amigos que me ajudaram com observações, informações, críticas e palavras de incentivo. Nunca achei que teria tanta satisfação em fazer essas edições semanais. A ideia começou como um projeto durante a pandemia, a pedido de amigos no exterior que queriam notícias e análises sobre o contexto brasileiro. Inicialmente, só a fazia na versão em inglês, com a maioria dos leitores no Reino Unido, China e Estados Unidos. Não achei que teria interesse para nós mesmos, os brasileiros. Para minha surpresa, recebi muitos pedidos por uma versão em português que é a mais lida atualmente. Depois de fazer 100 edições, ainda busco fazê-las da forma mais neutra possível, sem nenhum viés a favor ou contra o governo. Não sou um "antagonista" por natureza. Por isso eu faço a seleção dos eventos mais relevantes da semana e depois analiso como esse ponto de partida pode influenciar a semana seguinte. Procuro não misturar uma coisa com a outra. Analisar é explicar um evento ou um contexto pelas partes de forma que seja compreensível. Por isso, desenvolvo "uma perspectiva" e não "a perspectiva", tento não fazer previsões ou cravar resultados nem fazer longas opiniões. Foco mais em ser um "aprendiz" que analisa os possíveis cenários que podem influenciar o processo decisório em políticas públicas. Obrigado novamente a todos pela leitura! Vamos ao resumo: 🇧🇷 Perspectiva da Semana #100 – Semana positiva para a política, apesar da repercussão do indulto presidencial a Daniel Silveira. Economia e gestão com tendência neutra para a semana que se inicia.

Perspectiva da Semana #96

🇧🇷 Perspectiva da Semana #96 – O cenário político continua favorável para a elaboração de políticas públicas, assim como a economia segue avançando com medidas para mitigar os efeitos da inflação mundial. A gestão pública, contudo, está em modo negativo. Os problemas no Ministério da Educação rebaixaram as perspectivas da semana para o governo.