Perspectiva da Semana #119

O que est√° acontecendo no Brasil?

1. Pol√≠tica ‚Äď Em uma semana de esfor√ßo concentrado no Congresso Nacional, os parlamentares aprovaram mais de 30 proposi√ß√Ķes legislativas, incluindo-se seis medidas provis√≥rias pelo Plen√°rio da C√Ęmara dos Deputados e 3 pelo Plen√°rio do Senado Federal.

A pesquisa eleitoral FSB/BTG mostra Luiz In√°cio Lula da Silva (PT) liderando as inten√ß√Ķes de voto no primeiro turno com 43% (-2pp), seguido por Jair Bolsonaro (PL) com 36% (est√°vel). O governo √© considerado “ruim/p√©ssimo” por 45% (est√°vel) da popula√ß√£o e “excelente/bom” por 34% (est√°vel). A taxa de reprova√ß√£o √© de 55% (-1pp) e a taxa de aprova√ß√£o √© de 40% (+2pp). A pesquisa foi realizada por telefone com 2.000 eleitores de 26 a 28 de agosto.

A pesquisa Ipec/Globo aponta que Lula (PT) tem 44% (est√°vel) de inten√ß√Ķes de voto no primeiro turno contra Bolsonaro (PL), que tem 32% (est√°vel). O governo √© reprovado por 57% (est√°vel) e aprovado por 38% (+1pp). A pesquisa foi realizada frente a frente com 2.000 eleitores entre 26 e 28 de agosto.

A pesquisa Quaest/Genial mostra Lula (PT) com 44% (-1pp) e Bolsonaro (PL) com 32% (-1pp). A pesquisa ouviu presencialmente 2.000 eleitores de 25 a 28 de agosto. O índice de desaprovação ficou em 40% (-1pp) e o de aprovação em 30% (+1pp)

A pesquisa Ipespe/XP indica Lula (PT) com 43% (-1pp) e Bolsonaro com 35% (est√°vel). Foram entrevistadas por telefone 2.000 pessoas entre os dias 26 e 29 de agosto. O governo √© considerado ‚Äúruim/p√©ssimo‚ÄĚ para 46% (-3pp) e ‚Äú√≥timo/bom‚ÄĚ para 35% (+3pp). O √≠ndice de desaprova√ß√£o est√° em 57% (-2pp) e o de aprova√ß√£o, em 39%)+3pp).

A pesquisa PoderData, Lula (PT) tem 44% (estável) e Bolsonaro 36% (-1pp). A pesquisa entrevistou por telefone 3.500 eleitores, entre 28 e 30 de agosto. O índice de desaprovação foi de 56% (estável) e o de aprovação 38% (-2pp).

Por fim, a pesquisa Datafolha/TV Globo mostra Lula (PT) com 45% (-2pp) das inten√ß√Ķes de voto, contra 32% (est√°vel) de Bolsonaro (PL). Os que consideram o governo como ‚Äúruim/p√©ssimo‚ÄĚ s√£o 43%, e como ‚Äú√≥timo/bom‚ÄĚ, 31%. O levantamento foi feito presencialmente com 5.734 eleitores entre os dias 30 de agosto e 1¬ļ de setembro.

Segue o compilado das pesquisas de julho e agosto, e as médias das pesquisas desde janeiro:

2. Economia ‚Äď O PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro cresceu 1,2% no segundo trimestre de 2022, em rela√ß√£o aos tr√™s meses imediatamente anteriores. O resultado foi divulgado nesta quinta-feira (1¬ļ) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estat√≠stica). (Folha)

A¬†taxa de desemprego¬†no Brasil ficou em 9,1% no trimestre encerrado em julho, queda de 1,4 ponto percentual na compara√ß√£o com o trimestre anterior, informou o IBGE. √Č o menor √≠ndice da s√©rie desde dezembro de 2015. O¬†contingente de pessoas ocupadas no pa√≠s bateu recorde¬†da s√©rie hist√≥rica iniciada em 2012, somando 98,7 milh√Ķes de pessoas. (CNN)

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Brasil registrou saldo positivo de 218,9 mil empregos formais em julho. (Valor)

O Tesouro Nacional informou que a d√≠vida p√ļblica federal caiu 0,70% em julho, a R$ 5,804 trilh√Ķes. O custo m√©dio do estoque de d√≠vida caiu de 10,90% ao ano para 10,76% em julho e o vencimento dos t√≠tulos foi levemente alongado de 3,88 anos para 3,90 anos. (Folha)

Dados divulgados pelo Banco Central (BC) mostram que a dívida bruta do governo federal caiu para 77,6% do Produto Interno Bruto (PIB).

O BC informou que o setor p√ļblico registrou super√°vit prim√°rio de R$ 20,4 bilh√Ķes em julho, o maior resultado para o m√™s desde 2001, ano de cria√ß√£o da s√©rie hist√≥rica. (Estad√£o)

A Petrobras anunciou redução de 7,08% no preço da gasolina. O valor do litro na refinaria passará de R$ 3,53 para R$ 3,28, uma redução de R$ 0,25 por litro. (Valor)

3. Administra√ß√£o p√ļblica ‚Äď O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o Minist√©rio da Defesa se reuniram com as respectivas √°reas t√©cnicas para apresenta√ß√Ķes sobre as urnas eletr√īnicas. O comunicado do TSE afirma que ‚Äúficou reconhecido o √™xito dos testes de verifica√ß√£o das urnas eletr√īnicas‚ÄĚ e que as √°reas t√©cnicas apresentar√£o a ‚Äúpossibilidade de um projeto piloto‚ÄĚ como teste complementar de auditoria. (TSE)

O governo apresentou na quarta-feira (31) o Projeto de Lei Or√ßament√°ria Anual (PLOA) de 2023 ao Congresso Nacional. A proje√ß√£o de d√©ficit prim√°rio ficou em R$ 63,7 bilh√Ķes no pr√≥ximo ano. Esse valor representa 0,6% do Produto Interno Bruto (PIB), o percentual mais baixo estimado desde 2014 (d√©ficit de 0,4% do PIB). (Brasil)


Uma an√°lise:

1. A perspectiva política segue positiva. A coalizão presidencial permanece robusta, como evidenciado pela expressiva aprovação de projetos de interesse do governo na semana passada. Os índices de apoio popular ao governo aumentaram levemente neste mês de agosto. Os conflitos institucionais diminuíram significativamente ao longo do mês.

Como se esperava, as pesquisas eleitorais de agosto mostraram um cenário político mais favorável a Bolsonaro em relação a julho, por três motivos principais: desgaste de Lula, economia, e crescimento nos índices de aprovação popular.

Lula começou a cair na preferência do eleitor, tanto pelo seu desempenho no debate eleitoral, quanto pelo resgate dos casos de corrupção envolvendo o PT e pela falta de propostas arrojadas. Não houve, por exemplo, aspectos inovadores que atraíssem o eleitor indeciso: Lula anunciou que pretende retomar o programa Minha Casa Minha Vida e realizar grandes investimentos em infraestrutura.

Bolsonaro tamb√©m n√£o tem apresentado propostas inovadoras, mas tem a seu favor o bom desempenho na economia, com queda do desemprego e da infla√ß√£o e crescimento do PIB. Outro fator que tem contribu√≠do para o leve crescimento de Bolsonaro nas pesquisas √© a redu√ß√£o do tom belicoso em rela√ß√£o √†s urnas eletr√īnicas e ao Judici√°rio. Bolsonaro evitou, por exemplo, criticar excessivamente a decis√£o de Alexandre de Moraes sobre os empres√°rios. Moraes foi criticado por diversos segmentos da sociedade pela desproporcionalidade de sua decis√£o. O grande teste da campanha de Bolsonaro ser√° o 7 de Setembro: se evitar temas pol√™micos, como o sistema eleitoral e o Judici√°rio, e coibir manifesta√ß√Ķes a favor de golpe, deve continuar crescendo nas pesquisas eleitorais. Em rela√ß√£o aos √≠ndices de aprova√ß√£o, a m√©dia das pesquisas mostra que o apoio ao governo subiu para 40%, patamar em que as chances de reelei√ß√£o aumentam substancialmente.

Desse modo, as três peças desse quebra-cabeças eleitoral são consistentes com o que se observa nas pesquisas. Para o mês de setembro, apesar da perspectiva de uma campanha acirrada, o ambiente político deve continuar favorável a Bolsonaro, colocando pressão adicional na campanha de Lula.

2. A economia segue com tend√™ncia positiva. Os n√ļmeros divulgados do PIB vieram acima do esperado pelo mercado. Diversas institui√ß√Ķes financeiras e o Boletim Focus j√° revisaram a estimativa do PIB 2022 para em torno de 3%. Combinada com os recordes de arrecada√ß√£o e de queda na taxa de desemprego, a economia brasileira segue dando sinais consistentes e robustos de crescimento.

Uma observa√ß√£o sobre o relat√≥rio. Este ano, embora algumas m√©tricas tenham ficado em modo neutro ou negativo, a resultante dessas m√©tricas ficou sempre em tend√™ncia positiva, constituindo um marco importante. Desde 6 de dezembro 2021, a tend√™ncia tem sido consecutivamente positiva. A diferen√ßa entre este report e outras an√°lises √© a tentativa de analisar as pol√≠ticas econ√īmicas sob a perspectiva da economia pol√≠tica, o que tem se mostrado v√°lido e √ļtil. Analistas de mercado e finan√ßas p√ļblicas ou jornalistas especializados tendem a avaliar, corretamente, as decis√Ķes econ√īmicas de forma segmentada. Aqui, procura-se integrar diversas fontes com influ√™ncia na economia: dados e evid√™ncias dos √≥rg√£os oficiais, melhorias regulat√≥rias, pol√≠ticas p√ļblicas que afetam o ambiente de neg√≥cios, palestras, reportagens, reuni√Ķes e outras fontes de informa√ß√£o relevantes para a an√°lise. Completando a an√°lise com informa√ß√Ķes de atores privados e p√ļblicos, busca-se formar uma linha de base que ofere√ßa explica√ß√Ķes consistentes para o que est√° acontecendo. Ou seja, o report n√£o reage individualmente a cada medida potencialmente ruim aprovada, mas a pondera em rela√ß√£o a outros fatores pol√≠ticos e econ√īmicos.

ÔĽŅ3. A administra√ß√£o p√ļblica continua em tend√™ncia positiva, sem altera√ß√Ķes significativas.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s