Perspectiva da Semana #109

O que est√° acontecendo no Brasil?

1. Pol√≠tica ‚Äď O presidente da Petrobras, Jos√© Mauro Coelho, pediu demiss√£o na segunda-feira (20), ap√≥s press√Ķes do presidente Jair Bolsonaro (PL) e do presidente da C√Ęmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). (Valor)

O ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, afirmou que o governo n√£o consegue controlar os pre√ßos dos combust√≠veis, criticou o lucro da Petrobras e defendeu a privatiza√ß√£o da companhia como forma de aumentar a competitividade. (C√Ęmara)

A Polícia Federal prendeu, na quarta-feira (22), o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, e pastores no caso de favorecimento na liberação de verbas. Ribeiro foi solto na quinta (23). Relembre o caso aqui. Senadores tentam criar uma CPI do MEC. (Estadão)

O Partido dos Trabalhadores (PT) lan√ßou as diretrizes program√°ticas para a campanha presidencial. O partido decidiu n√£o revogar a reforma trabalhista, mas prop√īs revis√£o. (CNN)

Pesquisa PoderData mostra Lula (PT) liderando a corrida eleitoral com 44% (+1 ponto percentual) das inten√ß√Ķes de voto no primeiro turno. Bolsonaro (PL) registrou 34% (-1pp). A desaprova√ß√£o do governo foi de 52% (est√°vel) e a de aprova√ß√£o em 30% (+2pp). A pesquisa foi realizada de 19 a 21 de junho, por telefone, com 3.000 eleitores. (Poder360)

Pesquisa Ideia/Exame, realizada por telefone com 1.500 eleitores, entre 17 e 22 de junho, mostra Lula com 45% (+1pp), e Bolsonaro com 36% (+4pp). Para 44% (est√°vel), o governo √© avaliado como ‚Äúruim/p√©ssimo‚ÄĚ, e 33% (+5pp) o consideram ‚Äú√≥timo/bom‚ÄĚ. O trabalho de Bolsonaro √© desaprovado por 46% (+2pp) e aprovado por 36% (+4pp). (Exame)

A terceira pesquisa divulgada foi a Datafolha. Lula registrou 47% (-1pp) das inten√ß√Ķes de voto, no primeiro turno, contra 28% (+1pp) de Bolsonaro. O √≠ndice de desaprova√ß√£o do governo ficou em 47% (-1pp) e o de aprova√ß√£o, 26% (+1pp). O Datafolha ouviu 2.556 eleitores, presencialmente, entre 22 e 23 de junho. (Folha)

Segue a tabela de pesquisas selecionadas:

2. Economia – O governo tenta criar um vale-diesel de at√© R$ 1.000,00 a caminhoneiros. O benef√≠cio seria criado dentro em um estado de emerg√™ncia, para evitar viola√ß√Ķes √† lei eleitoral. (Folha)

O governo federal estuda aumentar o valor do vale-refeição como uma compensação por abandonar a ideia de reajustar os salários este ano. (Estadão)

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) autorizou reajustes de até 64% nas tarifas da conta de luz para custear o uso de térmicas. Os novos valores valerão a partir de julho. (Folha)

Vendas em shopping centers registraram alta de 81,5% em abril, na comparação com o mesmo mês do ano passado. (Estadão)

A Fiat, Volkswagen e General Motors est√£o paralisando atividades por falta de componentes el√©tricos. A medida decorre principalmente da guerra na Ucr√Ęnia, dos lockdowns na China. (Estad√£o)

O Brasil registrou, em mar√ßo, a abertura de 357 mil novos neg√≥cios. √Č o novo recorde para o m√™s desde 2010. (Poder360)

A arrecada√ß√£o federal ficou em R$ 165,3 bilh√Ķes em maio, alta real de 4,13% em rela√ß√£o a maio de 2021 e maior valor para o m√™s da s√©rie hist√≥rica, desde 1995. (Valor)

O Banco Central elevou de 1% para 1,7% a previs√£o de crescimento do PIB em 2022. (Folha)

Um estudo divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econ√īmica (Ipea) aponta que a taxa de¬†desemprego¬†recuou em abril e chegou a 9,4%. Esse √© o menor n√≠vel registrado desde outubro de 2015. (CNN)

3. Administra√ß√£o p√ļblica ‚Äď O IBGE iniciou, na segunda-feira (20), a primeira coleta do Censo Demogr√°fico 2022. O Instituto vai mapear 5.570 munic√≠pios para obter informa√ß√Ķes sobre infraestrutura urbana, como acessibilidade, circula√ß√£o e equipamentos p√ļblicos. (O Globo)

Foi realizada a Semana Brasil-OCDE. No começo de junho, a OCDE aprovou o roadmap para o início formal do processo de entrada do Brasil na organização. (Estadão)

Delegado da PF que prendeu o ex-ministro da Educação indica que houve interferência na condução do caso. (g1)


Uma an√°lise:

1. O cen√°rio pol√≠tico entrou em tend√™ncia neutra. O principal motivo foi a desarticula√ß√£o provocada pela situa√ß√£o com a Petrobras e a pris√£o de Milton Ribeiro. O governo sofreu um desgaste importante em ambos os casos. Na busca de tentar uma solu√ß√£o pol√≠tica para um problema econ√īmico, Bolsonaro e Lira, alinhados, criaram ru√≠dos em um momento delicado para a elei√ß√£o presidencial. As tentativas de cria√ß√£o de uma CPI e de rever a Lei das Estatais, al√©m de n√£o criarem uma vantagem pol√≠tica para Bolsonaro, n√£o parecem ser, at√© agora, vi√°veis. O epis√≥dio com Ribeiro cria uma situa√ß√£o problem√°tica de curto prazo, gerando ondas que perturbam os arranjos pol√≠ticos no Congresso, mas tamb√©m gera quest√Ķes de longo prazo para a narrativa da campanha de Bolsonaro. O discurso anticorrup√ß√£o pode ser enfraquecido por esse epis√≥dio.

Esse duplo rev√©s para o governo pode ter reduzido levemente o apoio da coaliz√£o presidencial, mas n√£o reduziu os n√≠veis de aprova√ß√£o do governo e n√£o causou varia√ß√Ķes significativas nas pesquisas eleitorais. N√£o se pode negar, contudo, que o quadro eleitoral vai se conformando favoravelmente a Lula, algo que se nota pelas aproxima√ß√Ķes dos empres√°rios e banqueiros ocorrida esta semana, quando v√°rias not√≠cias traziam as manchetes de que ele pode ganhar a elei√ß√£o no 1¬ļ turno. Atento a esse quadro menos favor√°vel, Bolsonaro tenha evitado conflitos institucionais.

Na pr√≥xima semana, merece destaque a audi√™ncia p√ļblica a ser realizada na Comiss√£o de Rela√ß√Ķes Exteriores e Defesa ¬≠¬≠¬≠¬≠¬≠Nacional (CRE) do Senado, na quarta-feira (29), com o ministro da Defesa, Paulo S√©rgio Nogueira, e os comandantes das For√ßas Armadas. A audi√™ncia faz parte do regimento do Senado, mas quest√Ķes eleitorais, inclusive a tens√£o com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), podem ser tema da reuni√£o.

2. A economia continua em trajetória positiva. Embora sejam preocupantes tanto a inflação persistente (IPCA-15 de junho em 0,69%) quanto o cenário de incerteza, o índice de difusão parece estar diminuindo e deve cair bem em julho. O aumento das tarifas elétricas, contudo, pode pesar.

As press√Ķes para que o governo gaste mais, tanto com o Aux√≠lio Brasil quanto com a quest√£o dos combust√≠veis, e mesmo o aumento do vale-refei√ß√£o para o funcionalismo, n√£o geram grandes impactos nas contas do governo. O efeito tende a ser mais pol√≠tico, na busca de solu√ß√Ķes para que a popula√ß√£o tenha mais recursos dispon√≠veis (seja pela queda da infla√ß√£o ou pela concess√£o de subs√≠dios). O aumento de arrecada√ß√£o, mesmo que por conta da infla√ß√£o, tamb√©m contribui para uma situa√ß√£o fiscal menos problem√°tica.

Por fim, são positivas as notícias da abertura de empresas, bem como a revisão do crescimento do PIB 2022 feita pelo Banco Central.

3. A gest√£o p√ļblica continua com a tend√™ncia neutra. A quest√£o do in√≠cio do Censo 2022 e a semana Brasil-OCDE foram quest√Ķes positivas na semana. A atua√ß√£o da PF, tanto na solu√ß√£o dos assassinatos no Amazonas quanto na pris√£o do ex-ministro Milton Ribeiro, foi diligente e correta. Dois epis√≥dios, contudo, seguraram as m√©tricas: o sigilo decretado sobre a atua√ß√£o dos agentes de Pol√≠cia Rodovi√°ria Federal e a suspeita de interfer√™ncia na condu√ß√£o do caso envolvendo Ribeiro.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s